sábado, 28 de abril de 2007



A liberdade de escrever um “eu” que é qualquer um e um “tu” que é qualquer outro.

Sem comentários: