sábado, 5 de julho de 2014



sábado de manhã...

a palavra ou o conceito de "merecer" é motivo frequente de reflexão. Tornou a sê-lo depois de ter lido alguém lamentar-se em torno dele. Se na vida as coisas se conquistassem por merecimento, com certeza já teríamos alcançado muitos objectivos e outras situações jamais nos teriam sucedido. Se imagino que a vida, a cada momento, é uma longa equação para a qual contribuem diversos factores, para mim "o merecer" já deixou vai deixando de ser uma das incógnitas.

ainda caio na tentação de vislumbrar as coisas por esse prisma, mas não fazê-lo é libertador





2 comentários:

koklikô disse...

sim, completamente.
uma reflexão muito pertinente esta.

regressos disse...

Concordo plenamente :) Tento, cada vez com menos dificuldade, deixar completamente de lado o pensamento "eu não mereço isto" ou "eu merecia mais". O que que isso interessa no fim? Por defeito, ninguem merece ser infeliz e todos merecem ser felizes, isso é um dado adquirido. A questão é: o que é que eu faço para alcançar aquilo que acho que mereço ou para me afastar daquilo que eu não mereço?
Há algumas más posturas que assumo perante a vida, mas esta de facto já não é tanto uma delas.